21.8 C
Brasil
sábado, abril 17, 2021

Mantida refém, princesa de Dubai pede ajuda para encontrar irmã mais velha

Em uma carta revelada pela emissora britânica BBC, a princesa Latifa, filha do emir do Dubai, pede à polícia britânica a reabertura da investigação sobre o desaparecimento da irmã mais velha, a princesa Shamsa, que não é vista há mais de 20 anos. A mensagem foi publicada uma semana depois da divulgação de um vídeo em que Latifa conta como tem sido mantida em cativeiro pelo pai desde 2018, após uma tentativa de fuga dos Emirados Árabes Unidos.

O mistério sobre o desaparecimento de Shamsa começou em 2000, quando a princesa fugiu de Dubai para o Reino Unido. A jovem, porém, foi encontrada pelo pai em Cambridge, de onde voou para França e depois para os EAU.

Na época Shamsa tinha 18 anos. Hoje com 39 anos, a princesa nunca mais voltou a ser vista em público.

Na carta a qual a BBC teve acesso, a princesa Latifa pede à polícia britânica que investigue o desaparecimento da irmã mais velha. A mensagem foi escrita por Latifa em 2019, a partir da casa onde se encontra enclausurada há três anos, depois de também ela ter tentado fugir dos Emirados Árabes Unidos, em 2018.

“Tudo o que peço é que, por favor, deem atenção ao caso dela, porque isso pode lhe valer a liberdade. A sua ajuda e atenção podem libertá-la”, escreve a filha do sheik Mohammed bin Rashid al-Maktoum, emir de Dubai e vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos.

Em um vídeo divulgado há pouco mais de uma semana, a princesa afirma que é “refém” do próprio pai e que a casa onde vive se transformou numa “prisão”, onde não pode sequer abrir uma janela. “Não sei se vou sobreviver a isso. A polícia me ameaçou, dizendo que ficaria nesta prisão toda a vida e que nunca mais vou voltar a ver a luz do sol”, conta.

Na semana passada, a ONU interviu no caso e pediu provas de que Latifa está viva. Em resposta, o governo dos Emirados Árabes Unidos afirmou que a princesa está “sendo cuidada em casa”, taxando o vídeo publicado pela jovem como mentiroso.

“Em resposta a reportagens da mídia sobre Sheikha Latifa, queremos agradecer àqueles que expressaram preocupação com seu bem-estar, apesar da cobertura que certamente não reflete a posição real”, diz a declaração de sua família.

O pai das princesas Latifa e Shamsa é um dos chefes de estado mais ricos do mundo – com fortuna avaliada em mais de 9 bilhões de dólares –, emir de Dubai e vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos. Além disso, a família real de Dubai tem laços estreitos com a realeza britânica.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Deise Zuqui mostra alguns penteados dos anos 90 que voltaram para a moda

Deise Zuqui é uma grande especialista de moda e, portanto, está sempre por dentro das novas tendências. E, como a moda é...

Atirador mata 8 pessoas em centro de operações da FedEx nos EUA

Um atirador matou oito pessoas e feriu várias outras em um centro de operações da empresa de entregas FedEx em Indianápolis, nos Estados Unidos,...

Ex-policial abre mão de depor em julgamento por morte de George Floyd

Derek Chauvin, ex-policial da cidade norte-americana de Mineápolis, abriu mão nesta quinta-feira, 15, do direito de depor ao júri sobre sua participação na prisão...

Entidades internacionais criticam Bolsonaro por resposta à Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro segue sendo criticado mundo afora devido à forma como o país está lidando com a pandemia do novo coronavírus. Nesta...

Em vídeo à CNBB, Papa Francisco pede união em momento crítico

Em um vídeo de 7 minutos enviado à 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Papa Francisco pregou “unidade...