31.7 C
Brasil
segunda-feira, abril 12, 2021

Paraguaios pedem renúncia do presidente por má gestão da pandemia

Milhares de paraguaios tomaram as ruas da capital, Assunção, na noite da última sexta-feira (5), para protestar contra o governo do presidente Mario Abdo Benítez. Os paraguaios culpam o governo federal pela má gestão da pandemia do coronavírus. 

O Paraguai vive uma escalada na pandemia, somando 164.310 casos e 3.250 mortos por covid-19.

O presidente Mario Abdo Benítez vem sendo responsabilizado pela falta de medicamentos nos hospitais. A imprensa paraguaia vem denunciando ainda roubo de insumos, complicando ainda mais a situação. 

A vacinação também segue em ritmo lento.  Sob pressão, o ministro da Saúde, Julio Mazzoleni, renunciou na tarde da última sexta-feira. 

Houve uma série de confrontos com a polícia e os manifestantes chegaram a incendiar o prédio do Ministério da Fazenda. Segundo a imprensa local, ao menos 20 pessoas ficaram feridas.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Tiroteio em frente a hospital de Paris deixa ao menos um morto e um ferido

Em frente ao hospital privado Henry Dunant, em Paris, na França, um homem foi morto e uma agente de segurança ficou gravemente ferida nesta...

Morte de homem negro pela polícia desperta novos protestos em Minneapolis

O assassinato de um jovem durante uma blitz policial em Minneapolis, nos Estados Unidos, provocou indignação em todo o país e despertou novos protestos...

Irã classifica apagão em usina nuclear de Natanz como “ato terrorista”

A usina atômica de Natanz, no Irã, sofreu um blecaute na manhã deste domingo. As autoridades iranianas classificaram o incidente como um ato de...

Igreja Católica da Austrália paga indenização milionária a vítima de abuso

Um homem de 58 anos cuja identidade não foi revelada vai receber uma indenização de 1,5 milhão de dólares australianos (cerca de 6,5 milhões...

Peru vai às urnas com 18 candidatos à Presidência – e nenhum é favorito

Nas eleições peruanas de 2011, o romancista peruano Mario Vargas Llosa, ganhador do Prêmio Nobel, disse que a população precisaria escolher entre a “Aids...