21.8 C
Brasil
sábado, abril 17, 2021

Infecção Urinária no homem

As infecções do trato urinário (ITU), chamadas popularmente de infecção urinária, podem ocorrer na uretra, bexiga, ureteres e rins. O mais comum é aparecer na metade inferior da bexiga e na uretra, podendo ser, em sua maioria, bacteriana. Apesar de ser mais comum em mulheres, o Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que a infecção urinária também pode afetar homens, sendo mais frequente em homens acima de 50 anos, pois têm mais risco de sofrer de hiperplasia da próstata, por exemplo.

Os homens são uma minoria das vítimas da doença porque é mais difícil para as bactérias se espalharem pela uretra (maior do que as mulheres) e porque as bactérias são excretadas na urina e, durante a relação sexual, eles expelem um líquido antimicrobiano. Além disso, o homem urina a qualquer hora e em qualquer lugar, o que diminui a possibilidade de sofrimento com a doença. No entanto, essa proteção costuma ter um período eficaz: dura até os 50 anos, período de aumento da próstata.

O diagnóstico da infecção urinária nos homens pode ser feito de algumas maneiras:

  • Exame de urina: o mais comum e mais rápido, irá identificar se há a presença de microorganismos que causam o problema, geralmente são a Escherichia coli, Klebsiella e Proteus.
  • Cultura de urina: é o exame de urina que identifica a presença de bactérias, e tem como objetivo confirmar a infecção urinária, ajudando a determinar o tratamento mais adequado pois é o melhor exame para identificar o tipo de infecção. O Mestre e Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que a única desvantagem do exame é o tempo, porque demora de 3 a 5 dias para ser concluído.
  • Exames de imagem: Ecografia/Ultrassonografia, tomografia e radiografia com contraste também são capazes de detectar infecções no trato urinário e se a for positivo, se há alguma complicação.

O tratamento consiste, em geral, sendo necessário tomar antibióticos, de acordo com a causa do problema. Os sintomas começam a melhorar cerca de dois dias do uso do medicamento, com exceção a casos mais graves que precisarão de tratamento mais prolongado. Por isso, sempre vá ao médico assim que sentir qualquer desconforto, uma vez que a infecção pode trazer alguns fatores de risco como ter o sistema imunológico suprimido, facilitando a entrada de outras bactérias.

Os fatores que mais contribuem para a infecção urinária no homem são: sexo com muitas parceiras ou parceiros, sexo anal sem proteção, diabetes, uso de espermicida e histórico de infecção na bexiga ou no rim no último ano. Então, para prevenir este tormento, medidas como uma maior ingestão de líquidos, urinar após as relações sexuais e usar preservativo podem diminuir as chances de contrair. Mais que isso, para homens com hiperplasia, a redução de cafeína, álcool e certos medicamentos pode ajudar a melhorar o fluxo urinário e, então, evitar que a urina permaneça na bexiga, reduzindo, assim, a possibilidade de infecções do trato urinário.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimas Notícias

Deise Zuqui mostra alguns penteados dos anos 90 que voltaram para a moda

Deise Zuqui é uma grande especialista de moda e, portanto, está sempre por dentro das novas tendências. E, como a moda é...

Atirador mata 8 pessoas em centro de operações da FedEx nos EUA

Um atirador matou oito pessoas e feriu várias outras em um centro de operações da empresa de entregas FedEx em Indianápolis, nos Estados Unidos,...

Ex-policial abre mão de depor em julgamento por morte de George Floyd

Derek Chauvin, ex-policial da cidade norte-americana de Mineápolis, abriu mão nesta quinta-feira, 15, do direito de depor ao júri sobre sua participação na prisão...

Entidades internacionais criticam Bolsonaro por resposta à Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro segue sendo criticado mundo afora devido à forma como o país está lidando com a pandemia do novo coronavírus. Nesta...

Em vídeo à CNBB, Papa Francisco pede união em momento crítico

Em um vídeo de 7 minutos enviado à 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Papa Francisco pregou “unidade...