24.6 C
Brasil
segunda-feira, setembro 20, 2021

Prefeito de Cusco, no Peru, morre de Covid-19

O prefeito da cidade turística peruana de Cusco, Ricardo Valderrama, morreu no domingo 30 vítima de Covid-19, após passar um mês internado em um hospital da cidade, anunciaram as autoridades sanitárias regionais. Ele tinha 75 anos de idade.

O político da antiga capital do império inca apresentou quadro de pneumonia por Covid-19 e foi internado. Apesar de sua idade avançada e de ter diabetes, Valderrama permaneceu estável durante toda sua internação, segundo o médico Víctor Manchego, gerente de Previdência social de Cusco.

 

O clube cusquenho Cienciano, que joga na primeira divisão do futebol peruano, lamentou nas redes sociais a morte de Valderrama, que ocupava o cargo desde dezembro.

“O Clube Cienciano lamenta o sensível falecimento do prefeito de Cusco, doutor Ricardo Valderrama Fernández. Nossas condolências a toda a sua família”, lamentou em conta oficial no Twitter.

Continua após a publicidade

Cusco, capital da região de mesmo nome no sudeste andino do Peru e a cerca de 1.100 km de Lima, abriga o patrimônio histórico de Machu Picchu.

Etapa final

O presidente peruano, Martín Vizcarra, afirmou no domingo 30 que a pandemia de Covid-19 está na “etapa final” no país.

“Estou certo de que estamos na etapa final, que pouco a pouco este tema vai ser controlado, estamos fazendo o máximo esforço como Governo”, disse Vizcarra durante visita ao recém-inaugurado hospital de campanha de Tumbes, na fronteira com o Equador.

As afirmações de Vizcarra chamaram atenção porque o Peru, com 33 milhões de habitantes, ainda registra altas taxas de contágios, com mais de 6.000 casos diários em média.

No entanto, os contágios e óbitos diários começaram a cair nesta semana (-24% e -21% respectivamente, em relação à semana passada), segundo dados oficiais, depois de alta sustentada desde 11 de julho.

Na quarta-feira, foram registrados 150 óbitos por coronavírus no país, a cifra diária mais baixa desde 8 de junho.

Vizcarra anunciou, ainda, uma campanha de comunicação para fomentar o cumprimento das restrições à circulação para evitar a propagação do vírus, como a proibição de ir a reuniões sociais ou familiares.

Com 645.457 casos confirmados e 28.788 mortos, o Peru é o terceiro país da América Latina em número de mortos na pandemia, depois de Brasil e México, e o segundo em contágios, atrás do Brasil.

“Estamos começando uma nova campanha que diz ‘A Covid-19 não mata sozinha, não sejamos cúmplices’, dirigida principalmente às pessoas irresponsáveis (…) em discotecas, festas de aniversário, (que) jogam futebol e organizam churrascos”, disse Vizcarra à imprensa.

Continua após a publicidade

- Advertisement -

Ultimas Notícias

Saiba como atua um urologista

De acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o profissional especializado em urologia é o responsável por cuidar...

As doenças que afetam o sistema reprodutor masculino – saiba quais são

De acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o pênis e o sistema reprodutor masculino são extremamente suscetíveis...

Atente-se a sua saúde: Doenças comuns no sistema reprodutor masculino

Muitos homens, de acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, costumam deixar a saúde de lado, o que...

‘Esse endividamento é monstruoso’, diz Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio

O presidente Jair Bolsonaro justificou nesta segunda-feira, 19, a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, a impossibilidade do auxílio emergencial ser prolongado em...

Protesto violento marca primeiro ano de revolta social no Chile

Milhares de manifestantes se reuniram no domingo 18 nos entornos da Praça Itália, no centro de Santiago, para comemorar o primeiro aniversário dos grandes...