38.4 C
Brasil
domingo, setembro 19, 2021

Separados por acrílico, candidatos a vice se enfrentam hoje nos EUA

Separados por uma barreira de acrílico e a quatro metros de distância, o vice-presidente, Mike Pence, e a candidata à vice na chapa democrata, a senadora Kamala Harris, protagonizam seu primeiro debate televisionado nesta quarta-feira, 7. O que tinha tudo para ser um encontro menos chamativo que o bate-boca entre Donald Trump e Joe Biden, agora tem ampla projeção nacional, já que o recente avanço de casos Covid-19 dentro da Casa Branca estará em pauta.

As atenções estarão voltadas para Harris, que devido ao seu histórico como ex-procuradora e sua atuação no Comitê Judiciário do Senado, deve colocar Pence contra a parede, citando principalmente o papel do vice-presidente como líder da força tarefa do governo no combate à pandemia.

O debate acontecerá na Universidade de Utah, em Salt Lake City, às 22h, no horário de Brasília. A mediação será da jornalista Susan Page, do jornal USA Today.

Aquecendo ainda mais o assunto está o fato de o encontro acontecer apenas seis dias após Trump ser diagnosticado com Covid, junto com diversas pessoas próximas, e três dias depois de ele deixar o hospital militar em que estava internado.

Além do presidente e da primeira-dama, Melania Trump, os casos positivos conhecidos incluem Hicks, o guarda-costas de Trump, Nick Luna, um assessor de imprensa não identificado, a ex-conselheira da Casa Branca, Kellyanne Conway, o gerente de campanha de Trump, Bill Stepien, a presidente do Comitê Nacional Republicano, Ronna McDaniel, o ex-governador de Nova Jersey, Chris Christie, e os senadores republicanos Thom Tillis, Mike Lee e Ron Johnson.

Fontes próximas à senadora disseram ao site POLITICO, no entanto, que ela se sente mais a vontade para pegar pesado com Trump, usando Pence apenas “como uma testemunha na acusação”.

Continua após a publicidade

O atual vice, por sua vez, estará na defensiva. Se as eleições fossem antes da pandemia, o republicano usaria o crescimento da economia americana e a taxa mais baixa de desemprego da história como pontos positivos do atual governo. Agora, Pence apostará suas fichas em, além de defender o presidente, atacar o Congresso de maioria democrata devido ao fracasso do plano de estímulo da economia. O principal ponto que Pence terá que contornar são os ataques a Harris, experiente debatedora.

Além disso, outro fator também eleva a importância do encontro: ambos os candidatos a vice são ao menos uma década mais novos que os cabeça de chapa. Dada a idade dos candidatos à Presidência, os vices precisam mostrar que têm vitalidade e capacidade para assumir o cargo se algo acontecer. Pence tem 61 anos e Trump 74, já Harris está com seus 55 anos e Biden é o mais velho, com 77.

Até agora, a campanha democrata ficou focada em não ser midiática, evitar comícios ou até mesmos repórteres. A estratégia é deixar com que as ações do atual governo falem por si. Se o ex-vice-presidente Biden segue razoavelmente discreto, a sua companheira de chapa fica ainda mais escondida das câmeras. A estratégia não deixa brechas para a campanha de Trump reforçar a retórica de que Harris seria uma espécie de cavalo de Tróia liberal que forçaria políticas progressistas dentro do governo.

As questões raciais também farão presença no debate. Harris é descendente de indianos e jamaicanos, Pence representa a população branca e religiosa do país. Os dois seguem em lados opostos da discussão que surgiu dos grandes protestos após a morte de George Floyd, assassinado por um policial branco já sob custódia.

Enquanto a senadora é favorável a uma reforma nas leis e na polícia. Trump, e por consequência Pence, tenta se mostrar desde o início de sua campanha como um candidato da “lei e da ordem”.

Nas pesquisas nacionais, e até estaduais, a chapa democrata se encontra em larga vantagem. Numa pesquisa divulgada pela CNN, Trump está com 41% das intenções de voto contra 57% de Biden, 16 pontos percentuais de diferença.

Continua após a publicidade

- Advertisement -

Ultimas Notícias

Saiba como atua um urologista

De acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o profissional especializado em urologia é o responsável por cuidar...

As doenças que afetam o sistema reprodutor masculino – saiba quais são

De acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o pênis e o sistema reprodutor masculino são extremamente suscetíveis...

Atente-se a sua saúde: Doenças comuns no sistema reprodutor masculino

Muitos homens, de acordo com o médico urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, costumam deixar a saúde de lado, o que...

‘Esse endividamento é monstruoso’, diz Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio

O presidente Jair Bolsonaro justificou nesta segunda-feira, 19, a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, a impossibilidade do auxílio emergencial ser prolongado em...

Protesto violento marca primeiro ano de revolta social no Chile

Milhares de manifestantes se reuniram no domingo 18 nos entornos da Praça Itália, no centro de Santiago, para comemorar o primeiro aniversário dos grandes...